terça-feira, 24 de julho de 2007

Cidadão Kane

Cidadão Kane (1941) é um longa metragem dirigido por Orson Welles que retrata a trajetória do fictício barão da mídia Charles Foster Kane, herdeiro da sexta maior fortuna do mundo e que, por capricho, decide fazer carreira no mundo do jornalismo. Se, de início, tem aspirações idealísticas de promover o bem comum e proteger o público dos abusos dos governantes e das grandes corporações, ao longo do tempo se degenera em um ambicioso personagem em busca de fama e poder.

O filme, frequentemente citado como um dos mais importantes já realizado, inspira-se na trajetória do magnata da mídia William Randolph Hearst, cuja manipulação do noticiário na virada do século XIX para o XX chegou ao extremo de influenciar decisivamente na declaração da guerra Hispano Americana.

A trama tem início com a morte do personagem principal, Charles Kane (interpretado pelo próprio Orson Welles), e o enigma da última palavra por ele pronunciada: "Rosebud". Um jornalista, Thompson, é designado para investigar a origem e o significado de tal palavra, descortinando durante o processo a vida privada e a personalidade de Kane.

À época da produção do filme, Orson Welles tinha apenas 25 anos e a liberdade que teve para criar seu primeiro longa metragem só foi possível em função do grande sucesso da novela radiofônica "A Guerra dos Mundos", que paralisou os Estados Unidos com uma ficção na qual o país era invadido por marcianos. Entretanto, as dificuldades em conseguir emplacar um grande sucesso comercial, a perseguição dos meios de comunicação de William Hearst e o incipiente clima de macartismo fizeram com que se afastasse de Holywood.

FICHA TÉCNICA:
Tempo de Duração: 119 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1941
Direção: Orson Welles
Produção: Orson Welles
Roteiro: Orson Welles e Herman J. Mankiewicz
Elenco: Orson Welles, Joseph Cotten, Dorothy Comingore, Ruth Warrick, Everett Sloane, George Coulouris, Ray Collins, Agnes Moorehead

PRINCIPAIS PRÊMIOS
· Vencedor do Oscar de Melhor Roteiro, foi indicado ainda a Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Direção de Arte, Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Montagem, Melhor Trilha Sonora, Melhor Som e Melhor Fotografia.
· Melhor filme do New York Film Critics Circle Awards.
· Um dos 100 melhores filmes da história, segundo o American Film Institute.

LOCAL:
O filme será exibido na Biblioteca Ney Pontes Duarte (antiga União Caixeiral) com ENTRADA FRANCA.

DATA E HORÁRIO:
No dia 28/07 às 19h30min.

APOIADORES:
Marcha Mundial das Mulheres
DECOM - UERN
Biblioteca Ney Pontes Duarte